27
out

Conheça Nicolas Ardito, o ex-presidente do Panamá que virá a Brasília

Nicolas Ardito, que foi presidente do Panamá entre 1984 e 1985, é uma das participações confirmadas na Global Peace Leadership Conference 2015.

Ardito entrou na presidência após vencer a primeira eleição presidencial democrática no país em 16 anos — o Panamá viveu sob uma ditadura militar por mais de 20 anos, até 1989. Durante uma breve pausa em 1984, Ardito chegou à presidência por meios democráticos, mas não conseguiu sozinho vencer o poder dos militares.

Em pouco menos de um ano de governo, Ardito prometeu reestruturar a economia panamenha, lutar contra a corrupção, então endêmica no país, e unir os partidos políticos. O então presidente lançou medidas para renegociar a dívida externa do Panamá e procurou ajuda de instituições multilaterais para reerguer a economia.

Em sua luta contra a corrupção, Ardito defendeu uma investigação imparcial sobre a morte de Hugo Spadafora, que afirmou ter provas sobre a ligação de Manuel Noriega, chefe das forças armadas do Panamá, com o tráfico de drogas e de armas. Era o fim da experiência democrática panamenha dos anos 80: Ardito foi obrigado a renunciar para evitar mais um golpe militar em 1985. Quatro anos depois, uma intervenção dos Estados Unidos retiraria Noriega do poder de uma vez por todas.

Após sua curta experiência na presidência do Panamá, Ardito continuou seus esforços por um Panamá melhor. Entre 1995 e 2000, foi Administrador Geral da Autoridade Regional Intraoceânica (1995-2000), que é responsável por incorporar a Zona do Canal ao desenvolvimento nacional.

Quer saber mais sobre a incrível história de Nicola Ardito? Participe de sua mesa redonda, no segundo dia da nossa conferência! Inscreva-se aqui: http://gplcbrasil.org/inscricoes/

Leave a Reply