21
out

Por que podemos esperar grandes resultados da GPLC 2015

Nos dias 12 e 13 de novembro, a Global Peace Leadership Conference 2015 (GPLC 2015) trará a Brasília ex-presidentes de países latino americanos, líderes religiosos e representantes da sociedade civil para debater a formação de líderes capazes de lidar com os desafios da região.

Há muitas razões para esperar grandes resultados desta conferência. A GPLC, um evento que é organizado pela Global Peace Foundation e já aconteceu no mundo todo, ocorreu duas outras vezes na América Latina: em 2010, em Assunção, no Paraguai, e em 2011, também em Brasília. Na GPLC de Assunção, sete ex-presidentes de países latinoamericanos se reuniram com especialistas e líderes religiosos para discutir as oportunidades, dificuldades e desafios para o continente. Como resultado, a declaração de Assunção, assinada por todos os presentes, defendia a luta por uma união da América do Sul, nos moldes da União Europeia.

No ano seguinte, na capital brasileira, a Declaração de Brasília ratificou a de Assunção e estipulou os princípios que devem guiar as políticas comuns de energia e alimentação, assim como reiterou o compromisso com a união dos países da América do Sul em busca da paz global.

Desta ideia de união também nasceu na GPLC 2011 a Missão Presidencial Latino-Americana, uma sociedade civil composta por 13 ex-presidentes do continente e que luta pela implementação de políticas que visem a União da América Latina e a coperação interamericana.

Em novembro deste ano, cinco membros da Missão Presidencial estarão presentes em Brasília para continuar o trabalho iniciado em Assunção. Os participantes da conferência terão a chance de contribuir para o debate em vários momentos e trazer soluções para os desafios que a América Latina enfrentará daqui para frente.

Interessados devem inscrever-se aqui.

Leave a Reply